Produtividade na área financeira

Atualizado: 26 de mai.

A produtividade da área financeira sempre foi algo importante e agora, mais do que nunca, as empresas estão procurando formas de deixar os funcionários mais satisfeitos e produtivos.


Quais são as principais rotinas do setor financeiro de uma empresa?


As rotinas desse setor variam muito de acordo com o tamanho da empresa, mas as principais áreas são:

  • Faturamento: área responsável por fazer as emissões das notas fiscais e/ou faturas para envio aos clientes. Dependendo das formas de pagamento disponibilizadas aos clientes, também faz a emissão de boletos para que o envio seja unificado.

  • Contas a Receber: gerencia os saldos de clientes inadimplentes para encontrar dívidas pendentes ou outras inconsistências. Responsável pelo controle do recebimento de clientes.

  • Contas a Pagar: esta área é responsável pelo controle do pagamento de fornecedores e colaboradores, garantindo que tudo que precisa ser pago estará conforme (documentação, aprovação, etc.) até a data do vencimento.

  • Tesouraria: responsável pelo controle de fluxo de caixa, monitorando a entrada e saída de dinheiro. Em caso de falta de recursos, deve buscar fontes de financiamento. Em caso de excesso, analisa as melhores opções de aplicação no mercado para rentabilizar o dinheiro parado.

  • Conciliação bancária: área responsável por comparar o controle financeiro interno com o que está lançado no extrato bancário do mesmo período. Uma conciliação bancária bem feita garante que os controles estejam em dia e facilita o trabalho da contabilidade.

  • Contabilidade: realiza as atividades necessárias para cálculo do lucro ou do prejuízo da empresa, bem como a apuração de impostos e obrigações legais com o governo.

  • Projeção financeira: responsável por fazer o planejamento e a projeção financeira da empresa no curto, médio e longo prazo, adicionando metas aos colaboradores.

Quais são as maiores dificuldades enfrentadas pelo setor financeiro?


Todas as áreas de uma empresa enfrentam dificuldades específicas e as do setor financeiro são:

  • sistema de gestão ineficiente;

  • tarefas repetitivas que ficam a mercê de falhas humanas;

  • burocracia com controles desnecessários;

  • falta de comunicação com outras áreas da empresa;

  • informações incompletas por parte de clientes e fornecedores.


Por que se preocupar com a produtividade?

A empresa que não investe na produtividade financeira, tem uma maior chance de quebrar. Isso se dá principalmente porque a saúde financeira de um negócio é refletida em todas as suas ações.

Os fornecedores e acionistas conseguem reparar o estado financeiro da empresa de uma forma fácil. As ofertas subiram? A inadimplência não para de crescer? Há contenção desenfreada de gastos? Questões como essa podem fazê-los perder a confiança na empresa cada vez mais.


Dicas para aumentar a produtividade


Agora que já sabemos o que a área financeira faz e quais são os problemas que enfrentam, vamos descobrir como podemos deixar essa área mais produtiva:

  • Ter metas e objetivos claros: é difícil chegar em algum lugar sem saber aonde ele é. Como saber qual é o resultado desejado sem metas e objetivos claros? Em todos os setores e, especificamente, no financeiro, é necessário estabelecer metas possíveis, dentro de um planejamento e com um tempo determinado, para que a equipe trabalhe com foco e dedicação em busca dos resultados.

  • Investir em tecnologia: por mais que você tenha os melhores profissionais do mundo, de nada adianta se eles estiverem perdendo tempo com tarefas repetitivas que podem ser automatizadas de uma forma fácil. Por isso, é importante investir em tecnologia, um sistema bom e que atenda as necessidades da sua empresa pode automatizar este tipo de tarefas, diminuindo os erros humanos e fazendo o colaborador ocupar seu tempo em algo mais importante e que trará mais resultados para a empresa.

  • Mapear processos: o mapeamento de processos busca aumentar a produtividade dentro das empresas a partir de um princípio relativamente simples: gerar mais resultados com menos recursos. Uma rotina de produção com seus processos mapeados, se torna mais eficiente e isso implica no aumento da qualidade das atividades e em criar maior valor agregado.

  • Invista nos seus profissionais: você pode ter profissionais que são produtivos, mas que podem precisar refazer o trabalho por estarem desatualizados. Por isso, é essencial investir em seus profissionais, com cursos tanto da área específica quanto para incorporarem as novas tecnologias e ferramentas no trabalho.

A automatização pode ser essencial para o seu negócio nos dias de hoje. Em pleno século XXI, é essencial que sua empresa esteja conectada ao momento tecnológico vigente. Isso estimula os colaboradores e faz muita diferença na hora de colher os resultados da empresa. Além disso, ainda pode diminuir os erros humanos, automatizando tarefas e fazendo o colaborador ocupar seu tempo em algo que traga mais retorno para a empresa.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo